Tipos de gordura que podem ajudar a perder peso.

Parece estranho, mas este título está realmente certo.


Naturalmente, o ser humano armazena a energia não utilizada dos alimentos como gordura. A partir daí, o corpo produz enzimas que auxiliam no metabolismo, fator responsável pelas transformações químicas das substâncias ingeridas.
Em pessoas com excesso de peso, esse processo sofre alterações que dificultam a capacidade das enzimas de transformar a gordura saturada em monoinsaturada, que é mais fácil para a metabolização do organismo. Gorduras saturadas em excesso podem levar a um colesterol alto, doenças do coração, infarto do miocárdio e outros males.
Segundo estudos realizados em laboratório por cientistas e nutricionistas da Texas Tech University, uma dieta rica em um certo tipo de gordura pode ajudar no tratamento de pacientes com obesidade e que buscam alternativas para melhorar sua saúde. De acordo com as pesquisas, é possível criar enzimas que convertem a gordura saturada em monoinsaturada, o que resultaria em um método de tratamento contra a obesidade.

Como funciona:

A enzima criada em laboratório, batizada como SCD1, seria responsável por realizar esse processo. Somada ao apetite, ela é capaz de produzir mais ácido linoleico nos tecidos, que liga parte do DNA da célula muscular e estimula a queima do excesso de energia dos alimentos na forma de calor. Nos seres humanos, esse processo seria realizado através dos tecidos musculares ou músculos esqueléticos, que contribuem para formar a parte exterior do corpo.

Benefícios:

·         Aumenta o metabolismo: a perda da gordura saturada aumenta a massa muscular, o que ajuda a acelerar o metabolismo.
·         Melhora a disposição física e diminui a fadiga muscular: quanto mais elevado o consumo de energia, maior a disposição do organismo em manter atividades regulares que auxiliam no condicionamento físico.
O processo ainda está em fase de testes. Se aprovados, os estudos podem apresentar uma nova solução para perda de peso: uma dieta que aumenta o consumo de energia pelo corpo e a capacidade de praticar exercícios através da transformação de gorduras.

E você, conhece alguma outra alternativa para combater a obesidade? Compartilhe com a gente sua opinião nos comentários!

Nenhum comentário:

Postar um comentário